Blog pessoal de Ana Paula Motta

Quinta-feira, 3 de Maio de 2012

“Uaaaal, esse vestido é a própria primavera.”

Sorriu ignorando a leve ironia, irradiava alegria como as flores em diversos tons, do azul lavanda ao roxo e devolveu com a frase: “Sou a tua primavera.”

É incrível como certas frases, que sabem lamechas em qualquer outro contexto, soam tão naturais entre amantes.

Justificou o atraso de mais de uma hora com uma dor de cabeça lancinante, que não combinava nem um pouco com a aparente disposição e o rosto feliz. Talvez fosse a única mulher no mundo disposta a um encontro amoroso mesmo assim.

 Aninhou-se no peito e sentiu-se como se nada de mal pudesse acontecer, era assim desde sempre, um dia lindo de primavera.

 

 

sinto-me: Na primavera
música: She
publicado por Ana Paula Motta às 21:10
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


últ. comentários
Há sonhos que não esquecemos e outros que sim, tal...
Por que razão os sonhos mais belos se esfumaçam? e...
Por que razão os sonhos mais belos se esfumaçam? e...
Bonito...
Rs, muita tinta
Sofre do mesmo pânico: os espelhos e os fios branc...
Obrigada, pela visita. O filme é mesmo muito bom.
Já vi e adorei o filme :)
Obrigada, Aninha. O que seria de mim sem as amigas...
Amanhã é um outro dia e o sol volta a brilhar, que...
Gosta de escrever textos sobre e Televisão? Tem id...
Wal , sempre tão atenciosa e carinhosa e eu em fal...
A doce Aninha enfeitando minha tarde de domingo.Bj...
Aninha, esse micro conto nasceu de lembranças e ta...
Haja o que houver, essas duas lágrimas fujonas são...
Shayana, obrigada pela visita e pelo comentário. B...
Ana gostei muito...
Um dia Ana, tb acredito nisso :-)um abraço deste l...
Wal sempre tão atenciosa e carinhosa nos comentári...
Partilhar no Facebook
Partilhar

blogs SAPO


Universidade de Aveiro