Também adoro esse poema,diz muito do que me vai na alma agora. Preciso desse poema agora, de voltar às minhas manhãs claras.E esse que postei agora também, aliás acho que tenho a alma em transbordamento.
Beijinhos, querida.
Ana Paula Motta a 25 de Fevereiro de 2009 às 18:30

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.