Blog pessoal de Ana Paula Motta

Sexta-feira, 3 de Julho de 2009

Não importa a chuva, nem a lua

Não importa o sol, nem nuvens ou o céu.

Poeira, saudade, felicidade ou tristeza,

Nada importa na tarde estranha de inverno.

Não há sons.

Só o tempo passa.

Um silêncio em forma de nó...





publicado por Ana Paula Motta às 14:43
link do post | comentar | favorito

Ana Paula,
Acredito que só sustenta o peso do amargo mundo quem tem sensibilidade (como você) para carregá-lo!
Walnize Carvalho
Walnize a 3 de Julho de 2009 às 18:22

Pois é Walnize, "mundo,mundo, vasto mundo" como disse o Drummond, que tanto maltrata seus filhos. Tentamos amenizar com poesia a dureza do dia-a-dia, mas como às vezes é difícil...
Ana Paula Motta a 3 de Julho de 2009 às 18:46

muito bonito.
bom fim de semana.

bjosss...

........__(.)>.__(.)>.__(.)>
........\___)..\___)..\___)
Nanda Assis a 4 de Julho de 2009 às 00:40

Obrigada,Nanda. Beijocas pra você...
Ana Paula Motta a 4 de Julho de 2009 às 10:36

Olá amiga,

não tenho dito nada e isso não se faz, sobretudo porque gosto de ler o que escreves.
Tudo tem e faz sentido. Todas as palavras são o mundo, o teu mundo e sentir.
Gosto da tua poesia.

Beijos
Natália Augusto a 6 de Julho de 2009 às 16:20

Obrigada,amiga,pena que seja um poema meio tristinho.
Ana Paula Motta a 6 de Julho de 2009 às 19:32

Importa a chuva que nos salpica a existência, e a lua. Lua cheia que dá luz às veredas do nosso caminhar.
Importa o sol rei luz aos dias aqui. Nuvens sombra...
Saudade... poeira tristeza dentro da felicidade.
Importa a tarde nesse inverno que de estranha te roubou os sons.
Resta do tempo o silêncio só...

(desculpe... apeteceu-me usar as mesmas palavras... mas ficam aqui, só aqui.)
mariabesuga a 8 de Julho de 2009 às 09:57

Obrigada pelo belo poema e pela tua sensibilidade, Maria.
Ana Paula Motta a 8 de Julho de 2009 às 09:59


mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13
15
17
18

19
21
22
23
25

26
29
30


últ. comentários
Há sonhos que não esquecemos e outros que sim, tal...
Por que razão os sonhos mais belos se esfumaçam? e...
Por que razão os sonhos mais belos se esfumaçam? e...
Bonito...
Rs, muita tinta
Sofre do mesmo pânico: os espelhos e os fios branc...
Obrigada, pela visita. O filme é mesmo muito bom.
Já vi e adorei o filme :)
Obrigada, Aninha. O que seria de mim sem as amigas...
Amanhã é um outro dia e o sol volta a brilhar, que...
Gosta de escrever textos sobre e Televisão? Tem id...
Wal , sempre tão atenciosa e carinhosa e eu em fal...
A doce Aninha enfeitando minha tarde de domingo.Bj...
Aninha, esse micro conto nasceu de lembranças e ta...
Haja o que houver, essas duas lágrimas fujonas são...
Shayana, obrigada pela visita e pelo comentário. B...
Ana gostei muito...
Um dia Ana, tb acredito nisso :-)um abraço deste l...
Wal sempre tão atenciosa e carinhosa nos comentári...
Partilhar no Facebook
Partilhar

blogs SAPO


Universidade de Aveiro