Blog pessoal de Ana Paula Motta

Domingo, 19 de Fevereiro de 2012

Sexta-feira, 18 h. Laura ajudava uma aluna com uma pesquisa, impaciente porque o tempo demorava a passar. A lua cheia dividia o céu com o sol.

 

O aparelho vibrou sobre a mesa. Sorriu,respondeu a mensagem e voltou para a tarefa.

 

Novo sinal de mensagem. Em poucos segundos outro... e outro e mais outro.

 

Enrubesceu e não sabia o que dizer à moça que ao lado esperava sua ajuda. Balbuciou uma desculpa e ouviu de volta: “Não fica envergonhada não, fessôra, meu Zé Maria também é assim. Ele tem desespero de mim.”

sinto-me:
música: É você- Tribalistas
publicado por Ana Paula Motta às 20:01
link do post | comentar | | | favorito

Sábado, 14 de Agosto de 2010

Respirava um vento frio.

Era o luar que subitamente inundou seu coração...

sinto-me:
música: Ontem Ao Luar
tags: , ,
publicado por Ana Paula Motta às 04:09
link do post | comentar | | | favorito

Sexta-feira, 11 de Setembro de 2009

Hoje acordei com um raio de luar
Pela janela a lua brilhava pra mim
Enorme e linda
Voltei a dormir
a sonhar
Não deixei que a lua minguasse em mim
Acordei plena em lua
publicado por Ana Paula Motta às 10:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | | | favorito

Segunda-feira, 23 de Março de 2009

Plena em lua...

lua

De lua. Quando alguém anda meio descompensado psicologicamente dizem que está “de lua” ou pior que é “de lua”.

Acho que todos temos nossas fases “de lua”, no bom e no mau sentido.

Falemos do bom sentido. O que é estar de lua? Acho que pra mim é estar em plenitude, sorvendo a vida pelas narinas, vibrando em boa sintonia com o mundo, numa harmonia rara, mas possível.

Acho que estar plena em lua é cantar pela manhã sem que tenha muita explicação, é ter a alma aos pulos naturalmente, é sentir aromas antes despercebidos. É gostar de viver.

È ter certezas que brotam não sei de onde, acho que é se sentir feliz. Estado portando não vulgar, bem-vindo e que deve ser saboreado como o doce preferido, devagar não devorando vorazmente. De-li-ci-a-do.

Plena em lua. Delícia da vida.

Observação intracósmica

Hoje olhei pro céu

Vi uma coisa diferente

Tinha lua. Redonda, bem cheia

E estrela

A coisa diferente:

Tinha uma lua em mim.

Carla Guedes

Esse texto conheci no Livro Verso in`verso (presente da professora Zenilda Guedes),a autora é uma “menina” macaense de apenas 20 anos.


3 comentários

tags: ,
publicado por Ana Paula Motta às 11:22
link do post | comentar | | | favorito

Terça-feira, 4 de Novembro de 2008

Pra falar de lua,

A palavra nua

Pra falar de ser sua.

Cada pedaço de mim

Vibra e quer

Cada pedaço

De você
tags: ,
publicado por Ana Paula Motta às 21:51
link do post | comentar | | | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
29
30
31


últ. comentários
Rs, muita tinta
Sofre do mesmo pânico: os espelhos e os fios branc...
Obrigada, pela visita. O filme é mesmo muito bom.
Já vi e adorei o filme :)
No Rio de Janeiro.
Ahahahaha!
E em que sítio do Brasil fica essa biblioteca?
Obrigada, Aninha. O que seria de mim sem as amigas...
Amanhã é um outro dia e o sol volta a brilhar, que...
Gosta de escrever textos sobre e Televisão? Tem id...
Wal , sempre tão atenciosa e carinhosa e eu em fal...
A doce Aninha enfeitando minha tarde de domingo.Bj...
Aninha, esse micro conto nasceu de lembranças e ta...
Haja o que houver, essas duas lágrimas fujonas são...
Shayana, obrigada pela visita e pelo comentário. B...
Ana gostei muito...
Um dia Ana, tb acredito nisso :-)um abraço deste l...
Wal sempre tão atenciosa e carinhosa nos comentári...
Ana, ainda vamos ver um filme desses juntas, com u...
Ana, foi esse momento do filme e do teu conto!! En...
Partilhar no Facebook
Partilhar
Visitas
widgeo.net
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro